- Ache os Cursos e as Faculdades certas para você! Clique aqui!

- Bolsas de Estudo - são mais de 1.200 faculdades oferecendo descontos de até 75%! Saiba mais!

Versão para impressão     Enviar para um amigo    

Home : notícias

Em Nota de 15/05, a UEL informa que docentes decidem pela manutenção da greve

Fonte: Imprensa UEL

19/05/2015


"Os professores da UEL decidiram manter-se em greve, ante a proposta do governo do Estado de 5% de reajuste salarial para todo o funcionalismo, a ser pago em duas parcelas, sem que tenha sido feita indicação de datas para esse pagamento. A assembleia foi realizada na manhã desta sexta-feira (15/05), Anfiteatro Cyro Grossi, do CCB.

No anúncio feito ontem (14/05), o governo informou que dava as negociações com o funcionalismo por encerradas, visto ser esse o índice possível dentro das atuais condições financeiras do Estado. Os professores querem um reajuste de pelo menos 8,17%, que é o índice do IPCA - Índice de Preços ao Consumidor Ampliado - relativo aos últimos 12 meses. E querem que o valor seja pago já a partir deste mês de maio, data-base do funcionalismo público do Paraná.

Além de manter a greve, os professores aprovaram outras indicações propostas pelo Comando de Greve, entre as quais: a suspensão do calendário escolar dos cursos de graduação; a suspensão do calendário dos cursos de pós-graduação Lato sensu e Stricto sensu; a suspensão do Processo Seletivo Vestibular 2016; e de toda atividade de trabalho nas pró-reitorias da Instituição, exceto as avaliadas pelo comitê de ética do comando de greve.

As três primeiras propostas, diretamente ligadas ao ensino, devem ser primeiramente apreciadas pelo Conselho de Ensino Pesquisa e Extensão (CEPE), em reunião a ser agendada. Outra assembleia para avaliar a situação foi marcada para a próxima quinta-feira (21/05, 9h)."

Nota de 15/05/2015 - Notícia UEL





Versão para impressão     Enviar para um amigo